Confira!

[Especial] Crianças do cinema que marcaram nossa infância

Todos nós temos aqueles personagens infantis, que na nossa infância nos cativou de uma forma tão pura e cativante que permanecem durante muitos anos, ou mesmo durante toda a nossa vida, em nossa mente e coração, não é mesmo?! E por isso, contamos aqui nesse post quais foram os personagens que na nossa infância nos conquistaram e se tornaram tão queridos por algum motivo. Feliz dia das Crianças Cinéfilos!!!

crianças-do-cinema

Harry de Harry Potter (2001-2011)

Todos tivemos a chance de acompanhar a evolução do querido bruxinho Harry Potter! Desde seus 11 anos de idade, ao descobrir que é um bruxo, até sua vida adulta, ao embarcar seus filhos no Expresso de Hogwarts. E não há palavra que define o quão emocionante é poder acompanhar toda a trajetória do garoto que sobreviveu. Desde seu 1° ano de idade, ele passou por situações que nós, meros trouxas, não seríamos capazes de suportar ao longo da vida. Ele perdeu os pais quando era ainda bebê, cresceu ao lado dos tios e do primo que o maltratavam, enfrentou, ao longo de sete anos consecutivos após descobrir ser bruxo, seres das trevas, criaturas malignas nunca vistas antes, um torneio onde era colocado em risco sua própria sobrevivência, precisou lidar com a perda de pessoas queridas e próximas a ele e, no final de tudo, enfrentou o responsável por tudo isso: Lord Voldemort.
Não fossem as amizades criadas ao longo de todos esses anos, o apoio dos amigos e o amor que protegia Harry de todo o mal, ele não seria capaz de lidar com tais desafios. E por, desde criança, ele estar envolvido e protegido pela magia do amor, Harry Potter veio ao mundo para nos ensinar que não existe magia maior que a do amor, da bondade e da amizade, ambos determinantes nas escolhas ao longo de nossas vidas, desde crianças até nos tornarmos adultos!

Resultado de imagem para harry potter ea pedra filosofal

(J.V.)

Kevin de Esqueceram de Mim (1990)

Ter crescido na década de 90 teve seus beneficios! Foi uma década maravilhosa para o cinema, onde grandes clássicos conquistaram corações de todas as idades. O que não faltou nessa década foi grandes e queridos personagens infantis, entre tantas crianças marcantes do cinema, escolher uma é bastante dificil, mas uma que marcou a minha infãncia foi o Kevin de Esqueceram de Mim.

Kevin representou muitas coisas para a minha vida! Primeiramente despertou em mim o encanto pelo natal… a família reunida… a ceia… a espera pela data… os enfeites… os valores realmente importantes nessa data festiva, e cá entre nós, até uma veia dramática e cinéfila o filme foi capaz de me despertar.

Mas não posso esquecer de mencionar o medo do esquecimento! Ser esquecido em qualquer data importante é algo que não desejo nem aos grandes vilões do cinema (rsrrss). Kevin foi um personagem que apresentou varias formas de ver uma criança, seja conhecendo seus medos, suas implicâncias, seus sonhos e principalmente o lado tocante e puro com que uma criança pode lhe dar em diversas situações. Uma criança realmente brincalhona! Esperta, gentil, educada, um membro que por mais que tenha causado uma grande confusão familiar… era de suma importância para aquela família!

O resultado desse filme/personagem em minha vida, estão nos 2 filmes da franquias que tenho em casa e que todo ano nos dias que antecedem o natal, o mesmo na noite de natal, coloco para assistir com a minha família!

(B.V.)

Dennis de Dennis o Pimentinha (1993)

“Senhor Wilson!!!!!” esta é a lembrança que tenho deste menino: baixinho, esperto, topetudo, alegre e serelepe, como muitas outras que conhecemos, diferente de alguns outros personagens que surgiram na mesma época, Dennis, na maioria das aventuras só estava tentando ajudar e acaba causando uma grande confusão especialmente para o querido senhor Wilson, que têm por sorte e azar ser seu vizinho, tanto na série animada quanto o filme retrata de maneira emocionante o contraste de uma bela amizade entre o menino e o velhinho (inclusive o filme tem um foco maior nesta amizade improvável).

As deliciosas aventuras começavam com coisas simples como, apenas regar um jardim ou apenas uma brincadeira de “esconde-esconde” e acabavam chamando a atenção de toda a vizinhança, outras histórias se originavam também da descoberta do modo de vida do Sr. Wilson (em minha opinião as melhores), tínhamos na visão do “Pimentinha” a difícil tarefa de lidar com certas manias da terceira idade, o que já é difícil para um adulto entender quanto mais uma criança.

Personagem atemporal e de fácil auto identificação, Dennis o Pimentinha, nos mostra como é gostoso ser criança ainda que seja uma levada e capaz de levar um velhinho a loucura.

Resultado de imagem para o pimentinha filme

(A.L.)

Charlie de A Fantástica Fabrica de Chocolate (2005)

Uma das histórias mais gostosas do cinema. Quem não lembra desse incrível papel do Johnny Deep como o famoso Willy Wonka e da sua história com o pequeno Charlie. Garoto de família muito humilde, mas que nunca deixou seus sonhos e objetivos de lado. Vive com os pais e avós numa peque e miserável casa, fã de chocolate doce que ganha apenas uma vez ao ano. No filme conquista o que nenhum dos outros garotos conseguiu sendo ele mesmo, educado, comportado. Um filme que muitas crianças deveriam ver e se espelhar. Deixa clara a perspectiva educacional e comportamental.

A VIDA NUNCA FOI MAIS DOCE.

(E.S.)

Sara de A Princesinha (1995)

Com uma história linda e emocionante, A Princesinha marcou os corações de todos aqueles que tiveram a oportunidade de acompanhar a jornada da pequena Sara Crewe (Liesel Matthew). Uma linda e cativante menina que é deixada num internato por seu pai (Capitão Crewe) quando ele precisa ir para guerra. Infelizmente, com a chegada da notícia da morte de seu pai e da interrupção dos pagamentos, para pagar sua estadia a garota é obrigada a trabalhar arduamente para a uma cruel Diretora. O longa apresenta uma fotografia maravilhosa e uma atuação impecável da protagonista. Toca de forma especial todas as meninas com um sopro de esperança, uma lição de força e coragem. Atributos de princesas que, segundo Sara, todas são, de todas as idades. Todas as meninas são princesas!

Resultado de imagem para sara a princesinha

(P.P.)

Maluquinho de Menino Maluquinho – O Filme (1995)

“Vida de muleque é vida boa, vida de menino é maluquinha.” Provavelmente a maioria das crianças brasileiras se identificou bastante com este clássico do cinema nacional lançado em 1995, o filme é baseado no consagrado livro escrito por Ziraldo, e conta a historia de Maluquinho, um menino brincalhão, levado, esperto, alegre, ele teve a sorte de nascer numa família carinhosa, o que lhe permite gozar as delícias da infância. Um dia os pais decidem se separar e Maluquinho sofre. Fica sem comer, não quer mais saber da rua, é uma dor só. Até que aparece o Vô Passarinho, ex-piloto de avião, pronto a embarcar em todo tipo de travessura. Ele é uma espécie de menino grande que leva o neto e sua turma para umas férias na fazenda a bordo de um inusitado avião feito por ele próprio. Na chegada uma meiga avó os recebe com uma mesa cheia de doces, biscoitos e tortas. Na fazenda a brincadeira corre solta. O tempo passa e o menino maluquinho segue vivendo suas alegrias e pequenas dores enquanto cresce. É aí que todo mundo descobre: na verdade ele não tinha sido nem um pouco maluquinho. Apenas um menino feliz.

Resultado de imagem para o menino maluquinho filme

(R.S.)

Matilda do filme Matilda (1996)

O filme conta a história de Matilda Wormwood (Mara Wilson), uma criança brilhante de seis anos que cresceu em meio a pais grosseiros e ignorantes. Ignorada por seus pais, que se esqueceram de matriculá-la em uma escola, Matilda fica sempre em casa ou na livraria, onde costuma estimular sua imaginação. Após uma série de estranhos eventos ocorridos em casa, quando Matilda descobre que possui poderes mágicos, seu pai (Danny DeVito) resolve enviá-la à escola. O local é controlado com mão de ferro pela diretora Agatha Trunchbull (Pam Ferris), o que faz com que Matilda apenas se sinta bem ao lado da professora Honey (Embeth Davidtz), que tenta ajudá-la a desenvolver ainda mais sua inteligência fora do comum.
Um dos clássicos do cinema infantil, Matilda nos mostra o quão valiosas são as crianças e que todos temos o dever de valorizá-las e estimulá-las a pensar, questionar, brincar, experimentar. Matilda é mais do que um filme sobre uma garota com poderes mágicos, é sobre uma criança que precisou amadurecer para não se deixar influenciar pelas atitudes negativas de sua família, e que, na escola, encontrou a chance de ser de fato una criança, uma criança normal, uma criança feliz.

Resultado de imagem para matilda

(G.M.)

E ai, algum desses personagens também marcou a sua infância? Conta pra gente!!!

Por João Victor, Bruno Vieira, André Luiz, Edson Sabadin, Priscila Pires, Rodrigo Slater e Geovani Medeiros 

Anúncios
Sobre Clube de Cinema Petrópolis (44 artigos)
Somos um grupo apaixonado por cinema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: