Confira!

[Tributografia] Christopher Loyde

Neto do fundador da Texaco Oil Companny e descendente direto do Mayflower (barco que transportou colonos ingleses refugiados para as Américas), o querido homenageado é americano da gema, nasceu em Connecticut em 22 de outubro de 1938.

Christopher Loyde, que ator querido! Desde o primeiro momento em que o vi em cena achei “diferente”, havia algo naquele cientista maluco diferente de todos os outros que já tinha visto, mas eu ainda não tinha maturidade o suficiente para saber explicar o meu sentimento ao ver o seu incrível Doutor Emmett Brown em cena: quantos trejeitos, quanta emoção, quanta velocidade para um velhinho! (risos), atuação vibrante! Emocionante! E uma química absurda com Michael J Fox. Em De volta para o Futuro 3, Christopher mencionou para Robert Zemeckis que ele nunca tinha beijado outra atriz em cena! E estava preocupado com seu desempenho… Que, claro, foi extraordinário! Loyde, apesar de ter uma grande veia cômica, sabe passar bastante emoção mesmo sendo um personagem caricato, e foi assim como Doc. Brown em De Volta para o Futuro, Tio Chico em A família Addams, e até mesmo como um bandido em O pestinha. Loyde sempre trabalhou como ator, desde os seus 14 anos de idade atuando em mais de 200 produções. Em meados dos anos 60 veio a de era de 007, Buck Rogers e havia um problema para seguir sua carreira… Nosso querido ator não era bonitão:

Senhor Loyde, o senhor não é Galã! Foi mau aí! Não tem problema não, eu tenho talento! Foi mau aí!

E Christopher Loyde provou que talento nada tem a haver com beleza, usou e abusou de suas feições incomuns para dar vida a personagens (e que vida! E que Vidaaaa! Quanta energia em cena!), começou provando todo esse talento em uma série de TV com um papel cômico que só de olhar para sua cara já me dá vontade de rir!

No elenco estava também Danny de Vito, mas Christopher roubava todas as cenas e a série foi um sucesso absoluto, levando 18 Emmys Awards (sendo dois de melhor ator para ele), Globo de Ouro entre outras premiações. Sempre com o cabelo desarrumado, um jeitão de maluco, “Reverendo Jim”, seu personagem dizia que ele era a “personificação dos anos 60” sendo um ex-vicado em drogas e por isso sequelado. Depois de Brilhar na TV, ele acabou indo para o teatro atuar em grandes clássicos como: Shakespeare, The Seagull e Macbeth, onde conheceu uma jovem e “talentosinha” atriz,  uma tal de Meryl Streep, não sei se vocês conhecem.

Algum tempo mais tarde ele integraria o elenco da adaptação do livro de “Um estranho no ninho”. O projeto arrebatou premiações, disputou mais de 20 prêmios e ganhou mais de 10 (tenho que ver esse filme!). Nessa altura, Loyde andava com uma rapaziada boa da TV e cinema e um deles era Leonard Spock Nimoy, que insistiu em botar o currículo dele em um estúdio, o que fez com que Loyde fosse para o espaço viver como o líder Klingon em Star Treck 3: à procura por Spock, onde fez um vilão incrível! Completamente diferente de toda a sua carreira.

Christofer Loyde e seu vilão Klingon: “Eu acho que dor é algo que você vai gostar!”

Continuou fazendo outros trabalhos (encarnando novamente o vilão em Roger Rabbit), voltou para a TV para, de novo, ganhar um Emmy de melhor ator, mas desta vez como melhor ator dramático (e provar de vez ao mundo sua versatilidade!), até que… Veio… E veio… O maior papel de sua vida! era o ano de 1985 e lá estava ele para fazer testes para o papel do Doutor Emmett  “Doc.” Brown (graças a Deus!), onde demonstrou em um único papel:  toda a sua veia cômica, toda a sua energia em cena e toda a sua incrível dramaticidade. Já chorei assistindo De Volta para o Futuro 1, quando Martin volta para salvar o “DOC “ e pensa que ele morreu e aí o DOC abre a carta colada! Essa cena não era para ser tão emocionante talvez, mas depois de ver a amizade entre os dois que atravessa o tempo, a fidelidade de um pelo outro, eu não consegui me conter.

Icônico  Doutor Emmett  “Doc.” Brown

E se eu, assim como milhares de fãs, já estava eternamente grato a esse homem por esse personagem maravilhoso, eis que um cara endinheirado maluco chamado Scott Rudin me chega com um mega projeto que era o seguinte: Vamos fazer um filme sobre um desenho animado da minha infância? Só que o seguinte, não vai ser qualquer coisa, quero os melhores atores da atualidade, quero gente da mais alta qualidade técnica, e foi assim que entrou para o elenco de A Família Addams, um filme delicioso de assistir, um humor gênio com interpretações de cair o queixo do elenco inteiro, o filme custou 30 milhões de dólares na época e arrecadou mais de 190 Milhões merecidamente!

Brilhante atuação como Tio Chico!

Com um retorno tão alto, era inevitável uma continuação (e por mim podia ter tido uns 5!), e nos dois filmes a história gira em torno do personagem Tio Chico! Que é novamente um personagem maravilhoso, engraçado, caridoso e dramático!

Trabalhou também em uma série de Steven Spielberg, “The Amazing Histories”, e depois só ficou fazendo pequenas pontas que me fazem estremecer o coração de fã ao vê-lo em cena. Já muito velhinho, ficou claro que queria parar, mas Loyde, muito obrigado por ser o cientista, o avô legal que eu não tive, por ser o Bandido que quer sequestrar a criancinha, mas claramente há bondade dentro do seu coração, obrigado por ser o Tio legal e esquisitão que eu adoraria ter! Muito obrigado por sua arte maravilhosa que tanto alegrou minhas tardes de Sessão da Tarde em dias frios e chuvosos em Petrópolis. Você é um ator que mora no meu coração de fã desde o primeiro “GREAT SCOTT!” E eu acho que eu vou sempre, mas sempre, ter de voltar para o passado revendo suas brilhantes e emocionantes atuações.

Por ###André Souza###

Anúncios
Sobre André Souza (18 artigos)
Petropolitano da gema! se mudou para a Somália onde ganhou o titulo honorário de habitante mais bonito, após um ano desta vitória o prêmio foi revogado ao se descobrir que era brasileiro, voltou ao Brasil para terminar os estudos no Telecurso 2000, mas matava muito aula assistindo a sessão da tarde, o vício de consumir filmes piorou quando assistiu Guerra nas Estrelas, anos mais tarde conheceu o amor verdadeiro ao entrar em uma sala de cinema IMAX e conhecer o som de sincronia a laser, reside quando em Petrópolis no Itamarati e durante a semana em algum lugar do Rio de janeiro que permanece um mistério da humanidade! fã babaca assumido de Chloe Grace Moretz, ama animações de tudo quanto tipo, fale mal da mãe dele mas não xingue Christofer Nolan! enfim um cara normal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: