Confira!

[366 Filmes] O Mentiroso – (1/366)

o-mentiroso-filme

Nada melhor do que começar um novo ano, do que com novos desafios e metas, não é verdade?! Então decidi começar 2016 com uma meta: Ver 366 filmes em 2016. Um filme por dia sempre que possível. Quando houver dias que por algum motivo eu não consiga ver a nenhum filme, que eu corra atras nos finais de semana. E assim por diante!

Algo que já faz anos que gostaria de fazer, mas sempre acabo não fazendo! Acho que essa é a hora de mudar isso!

Meu objetivo é ver 366 filmes diferentes e escrever não bem uma crítica sobre cada um desses filmes, mas fazer algo próximo a uma resenha e tentar tirar algo bom de cada filme visto.

Pretendo preencher essa lista de 366 filmes, em grande parte, com filmes que eu não tenha visto ainda (E olha que tem coisas maravilhosas, que infelizmente.. não vi!), mas também preencherei com filmes que eu tenha visto em minha infância ou adolescência, e que agora com outra cabeça, poderei relembrar trabalhos, cenas, situações, direções, atuações e tudo mais que possa cercar produções cinematográficas, mas claro, agora na fase adulta, sobre muitas obras já vistas quando mais novo, poderei ter um novo olhar e uma nova opinião sobre os mesmos.

E para começar esse desafio, es que “nossa” amada NetFlix resolveu logo de cara me sugerir um filme que eu não  assisto a tipo… uns 10 ou 15 anos! Leve, divertido, e com uma boa mensagem como proposta!

O Mentiroso (1997), com o talentoso Jim Carrey é tipo um filme adorável e divertido para se ver com a família. Fala de amor paterno e de como o mundo “adulto” pode se basear tanto em mentiras para se safar de diversas situações.

A história tem como protagonista um advogado, um cara muito mentiroso, que não consegue passar por 10 minutos sem contar sequer uma única mentira. O engraçado é que o próprio personagem, por falar tantas mentiras, acaba por não se conhecer tão bem.

O advogado em questão é divorciado e pai de um adorável garotinho de 5 anos de idade, que carece demais da atenção e presença do pai, mas o ama incondicionalmente. O pai por sua vez, sempre coloca o filho como segundo ou terceiro plano em seus compromissos. Até mesmo na festinha de aniversário de seu filho, ele é capaz de contar mais mentiras.

É quando o garotinho, ao assoprar as velhinhas de seu bolo, deseja com toda vontade que seu pai, deixe de contar mentiras por pelo menos um dia. O resultado desse pedido são as mais divertidas e inimagináveis situações. Mas o grande barato nisso tudo, é como o personagem de Jim Carrey, nota que não se conhece, que não sabe ao que ele daria de verdade maior atenção ou grande importância.

Esse “descobrimento” pessoal do advogado, é algo interessante de se ver. Ele passa a notar o quão ausente é na vida do filho e de como precisa mudar essa situação. Não só como pai, mas como profissional inclusive. Sobre tudo, esse filme é uma boa diversão!

O engraçado ao ver esse filme, com mais de 10 anos de diferença é que continuo achando o Jim Carrey maravilhoso fazendo graça. Sim, não somente em comédias, ele é muito bom! Mas todas suas caras e bocas, as situações que ele promove em seus papeis… CA-RAM-BA! Só ele mesmo.

E mesmo com esse grande espaço sem rever ao filme O Mentiroso, continuo tirando ótimas lições e dando sinceras e boas gargalhadas!

 

Bem, é isso! Agora é correr para o segundo filme!

Me desejem Boa Sorte Cinéfilos!!!

Por Bruno Vieira

Anúncios
Sobre Bruno Vieira (760 artigos)
Estudante de Comunicação Social – Publicidade, tem 27 anos e adoraria se lembrar do primeiro filme que viu em sua vida, mas o que passa em sua mente são flashs de sessões da tarde, com muitas aventuras, romances e filmes de terror da década de 80 e 90. Aprendeu a amar e se emocionar ( e tem prazer em chorar ) com o gênero drama. Gosta de comédia e ação e adora musicais e fantasia. Outro amor são as animações, filmes de heróis e tudo aquilo que faça qualquer um viajar com o poder da imaginação. Se identifica muito com o personagem Woody (Toy Story) pelo o quanto ele valoriza e faz pelas amizades. Um herói? Claro… O Homem-Aranha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: