Confira!

[366 Filmes] Eu, Você e a garota que vai Morrer – (5/366)

eu-voce-e-a-garota-que-vai-morrer-filme

Assim que foi divulgado as primeiras imagens de “Me and Earl and the Dying Girl”, ainda sem título traduzido aqui no Brasil, de cara eu me interessei pela sinopse divulgada e pelo trio protagonista.

Tudo bem! Confesso que qualquer filme que possa aparentar ser “triste”, “comovente” ou feito para fazer chorar, se emocionar… eu encaro com grande felicidade! Gosto de filmes assim! Gosto de chorar vendo filmes. De me aprofundar e viajar naqueles dramas que com sorte, não vou passar em minha vida.

Entre novembro e dezembro eu tentei ver esse filme, mas o sono, não deixou eu passar de 15 minutos do longa. Eis que a oportunidade veio a calhar com grande entusiamo!!!

 

“Eu, Você e a Garota que vai Morrer” (2015), tem tudo para ser mais um filme sobre câncer e morte, exceto pelo fato de sua história não envolver um romance e sim um bela e diferencial amizade que surge após a chegada da descoberta do câncer na vida da “Garota que vai Morrer”, Rachel.

Acredito que todo bom cinéfilo deva se entusiasmar com a veia cinéfila de dois desses personagens, que baseados em suas paixões pelo cinema, criam alguns “interessantes” filmes caseiros, alternando títulos e etc. O que garante algumas risadas ou breves sorrisos!

O filme e a história em si, tem forte ligação com o cinema, personagens conhecidos do cinema ou mesmo trilhas sonoras fazem uma participação carismática na vida desses personagens. Tudo isso torna mais amável e doce essa história.

Uma comparação que posso fazer entre esse filme e “A Culpa é das Estrelas”, é que em ambos seus personagens quer estejam com seus dias contados ou não, eles não se prendem a auto-piedade. Eles tentam ser fortes, não esquecem suas reais condições e lutam até onde podem. Sem ficar preso à aquele “mundinho” triste e sofrido que de alguma forma já se encontram.

Por mais que o Câncer seja um dos maiores protagonistas dessa história, o filme não é sobre uma doença, é sobre AMIZADE! E somente por essa simples e especial palavra eu já o recomendo a meus sinceros amigos, e claro a quem goste tanto de cinema.

UM FATO: é lamentável que um filme desses, com uma história tão bela e comovente quanto esta, não seja alvo de grandes procuras nas salas de cinema, ou mesmo, não entrem em um circuito tão merecido quanto deveriam!

O filme conta com uma narrativa maravilhosa de um dos protagonistas principais do longa e sua história é muito bem construída. Tem uma fotografia simples mas tão adorável quanto seus cenários. Diverte, entrete e emociona o telespectador a ponto de leva-lo até mesmo, às lágrimas.

Um último FATO: Eu não chorei. QUASE… mas não chorei! rsrs

Sinopse: Greg Gaines é um adolescente que está tentando passar ‘invisível’ pelo Ensino Médio ao mesmo tempo em se diverte com seu amigo de infância, Earl. As coisas mudam, no entanto, quando a mãe de Greg o força a fazer amizade com Rachel, uma colega diagnosticada com leucemia.

 

Por Bruno Vieira

Anúncios
Sobre Bruno Vieira (760 artigos)
Estudante de Comunicação Social – Publicidade, tem 27 anos e adoraria se lembrar do primeiro filme que viu em sua vida, mas o que passa em sua mente são flashs de sessões da tarde, com muitas aventuras, romances e filmes de terror da década de 80 e 90. Aprendeu a amar e se emocionar ( e tem prazer em chorar ) com o gênero drama. Gosta de comédia e ação e adora musicais e fantasia. Outro amor são as animações, filmes de heróis e tudo aquilo que faça qualquer um viajar com o poder da imaginação. Se identifica muito com o personagem Woody (Toy Story) pelo o quanto ele valoriza e faz pelas amizades. Um herói? Claro… O Homem-Aranha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: