Confira!

[366 Filmes] Qual é o seu número? – (8/366)

qual-seu-numero-366-filmes

Dominado pela vontade de dormir, e o cansaço tomando completamente conta do meu ser, hoje não tive muitas forças para encarar dramas e clássicos, como tanto eu desejava, então parti para uma comédia romântica, visando 5 coisas:

1ª) Me manter acordado
2ª) Conhecer um trabalho de Anna faris como protagonista do filme (fora a franquia “Todo mundo em pânico).
3ª) Conhecer mais um trabalho descontraído do “nosso” Capitão América, Chris Evans.
4ª) Me diverti com historinhas de amor. E finalmente…
5ª) dar seguimento ao Desafio 366 Filmes! 🙂


“Qual é o seu número?” (2011) é uma comédia romântica com Anna Faris, Chris Evans e Ari Graynor no elenco. Eu jurava que esse filme era de antes de 2009, mas trudo bem. Nada que tenha alguma relevância. Vamos a sinopse? vamos!!!

Sinopse: Boston. Ally Darling (Anna Faris) fica horrorizada ao ler, em uma revista feminina, que as mulheres têm em média 10,5 parceiros sexuais ao longo da vida. Acreditando que o número é baixo demais, ela puxa da memória todos os homens com quem já transou e passa a investigar junto a amigas qual é o número delas. É quando percebe que já teve relações sexuais com 19 homens, um número bem acima das colegas. Para piorar ainda mais a situação, a matéria diz que as mulheres que tiveram 20 ou mais parceiros têm muito mais dificuldades para se casar. Logo, a saída para Ally é procurar seus ex-namorados para ver se, com o tempo, algum deles melhorou de forma que possa ser seu marido, já que desta forma não chegará à marca dos 20. Para cumprir a missão ela conta com a ajuda de Colin Shea (Chris Evans), seu vizinho mulherengo que tem habilidade para investigar outras pessoas. Em troca Ally passa a ajudá-lo a escapar das mulheres que leva para cama, que por vezes teimam em não ir embora tão logo a relação sexual termine.


É difícil comédias românticas nos surpreenderem não é mesmo?! No geral, sempre acredito que vale a diversão e o entretenimento. Assim como achei válido essa história. Que aliás, toca num importante tema: Como é visto um homem e uma mulher diante da quantidade de pessoas com quem já namoraram/transaram. para a reputação de um homem, isso é ótimo! Para a mulher… a história é outra. Entre tanto num determinado ponto da história há uma cena onde as mulheres fazem uma relevância que acredito que os homens façam muito quanto a mulheres que classificam como mais “rodadas”, de essas não serem para casar, apenas diversão. Na cena em questão esse jogo é invertido, mostrando que as mulheres também veem homens “rodados” como apenas diversão, e não para serem levados a sério.

Enfim, a trama do longa não leva esse meu último comentário tão a fundo, é apenas uma observação minha. No geral, a sinopse já descreve perfeitamente o inicio, meio e até fim da história. O medo presente na cabeça de uma mulher que acredita que teve muitos parceiros sexuais, e sua busca em não ultrapassar determinado número para assim como diz a pesquisa na revista, não acabar a vida sozinha.

Foi muito válido ver a atuação da Anna Faris num humor mais adocicado e romântico, diferente do humor besteirol, repleto de caras e bocas ( que aliás, ela faz super bem e me diverte até hoje) como em “Todo mundo em Pânico”. Sua personagem passa por situações ao mesmo tempo tão comuns como ao mesmo tempo inusitadas.

Um fato sobre o filme: Não falta são “heróis” da Marvel nesse filme! hehehe
Por Bruno Vieira

Anúncios
Sobre Bruno Vieira (760 artigos)
Estudante de Comunicação Social – Publicidade, tem 27 anos e adoraria se lembrar do primeiro filme que viu em sua vida, mas o que passa em sua mente são flashs de sessões da tarde, com muitas aventuras, romances e filmes de terror da década de 80 e 90. Aprendeu a amar e se emocionar ( e tem prazer em chorar ) com o gênero drama. Gosta de comédia e ação e adora musicais e fantasia. Outro amor são as animações, filmes de heróis e tudo aquilo que faça qualquer um viajar com o poder da imaginação. Se identifica muito com o personagem Woody (Toy Story) pelo o quanto ele valoriza e faz pelas amizades. Um herói? Claro… O Homem-Aranha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: