Confira!

[366 Filmes] Viagem à Lua – (33/366)

Viagem-a-lua-filme

É com uma imensa vergonha, que confesso que só nesses últimos dias parei para ver o filme em questão. O filme tem cerca de 11 ou 12 minutos, é mudo e preto e branco, mas existem algumas cópias coloridas, que inclusive, foram pintadas a mão, quadro por quadro.

“Viagem à Lua” (1902), de Georges Méliès, o filme é uma mistura de Aventura , Fantasia e aliás, é considerado o primeiro filme de Ficção científica feito na história do cinema.


Sinopse: O professor Barbenfouillis (Georges Méliès) convence seus colegas a participarem de uma viagem de exploração à Lua. Eles partem em uma nave que aterrissa no olho direito da Lua. Lá eles encontram habitantes hostis que o levam ao seu rei. Os terráqueos conseguem fugir quando descobrem que os inimigos viram fumaça a um simples toque de um guarda-chuva.

O peso histórico é um dos grandes baratos sobre esse filme. Conheci parte dele e em seguida a vontade de conhecer a obra, no filme “A Invenção de Hugo Cabret”, que conta e inclui parte desse filme em sua história. É brilhante poder conferir um filme tão antigo, um filme que conta e demonstra os primórdios do cinema.

A história apesar de curta conta com grandeza, principalmente para a época, sobre a vontade do homem de ir à lua, assim como mostra que nem todos concordariam com a ideia.

Os figurinos, as atitudes em cenas, são muito expressivas e empolgadas para poder contar ao expectador aquele grande sonho do homem. A Chegada a lua, é uma outra viagem a parte… é simplesmente maravilhoso, repito, poder ver uma obra, que conta o que a humanidade, o cinema, achavam, poderiam imaginar sobre a probabilidade do homem sair da terra. E olha… tudo muito encantador.

Grato por ter dedicado 12 minutos da minha vida a conhecer essa OBRA!!!

Minha classificação: Muito Bom

Curiosidades sobre o filme, que merecem ser conhecidas:

O roubo;

Depois de terminada as filmagens, Georges Méliès teve intenção de lançar o filme nos Estados Unidos e lucrar com ele. Infelizmente, o técnico Thomas A. Edison já tinha secretamente feito cópias, e em poucas semanas o filme já estava em terras americanas. Méliès nunca conseguiu nenhum dinheiro do sucesso que fez nos Estados Unidos, e faliu alguns anos mais tarde, enquanto Edison fez uma fortuna em cima do filme.

Pioneirismo;

Esse foi um dos primeiros filmes que se tem conhecimento de ficção científica. Uma parte perto do final foi animada, fazendo com que esse seja um dos primeiros filmes animados também.

Descoberta de uma cópia em 2002;

Em 2002, uma cópia do filme foi descoberto em um galpão na França. O incrível era que não só a maior parte do filme estava lá, mas que também ele era todo colorido à mão. O filme foi restaurado e lançado no ano seguinte no Pordenone Silent Festival.

Méliès à frente de seu tempo;

O filme é composto de mais ou menos 30 cenas, sem nenhum diálogo ou closes. Méliès listou os capitulos no seu catálogo quase como os menus dos dvds de hoje em dia.

Homenagem de Scorsese;

O diretor Georges Méliès e o filme foram homenageados pelo diretor Martin Scorsese em A Invenção de Hugo Cabret (2011).

 

Por Bruno Vieira

Anúncios
Sobre Bruno Vieira (761 artigos)
Estudante de Comunicação Social – Publicidade, tem 27 anos e adoraria se lembrar do primeiro filme que viu em sua vida, mas o que passa em sua mente são flashs de sessões da tarde, com muitas aventuras, romances e filmes de terror da década de 80 e 90. Aprendeu a amar e se emocionar ( e tem prazer em chorar ) com o gênero drama. Gosta de comédia e ação e adora musicais e fantasia. Outro amor são as animações, filmes de heróis e tudo aquilo que faça qualquer um viajar com o poder da imaginação. Se identifica muito com o personagem Woody (Toy Story) pelo o quanto ele valoriza e faz pelas amizades. Um herói? Claro… O Homem-Aranha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: