Confira!

[Notícia] Sylvester Stallone afirma que o filme Creed o fez recuperar a confiança

3b5fa98b-bb73-41d5-be56-96d613c89a80

Em uma entrevista para o jornal New York Times, Sylvester Stallone comentou como recuperou a confiança. A indicação de Melhor Ator Coadjuvante no Oscar por sua atuação em “Creed: Nascido para Lutar“, o sétimo filme da franquia Rocky, que deu a ele sua última indicação ao Oscar quatro décadas atrás, o deixou extremamente grato e muito orgulhoso, embora um pouco confuso.

“Para alguém considerado uma pessoa retraída e limítrofe, isso é inacreditável. Trata-se do auge da minha vida profissional. É um milagre”, disse.

Três semanas e meia antes, ele havia recebido um Globo de Ouro por sua performance, uma vitória que o deixou tão estupefato que ele não conseguiu perceber a aclamação dos que estavam na plateia. Ele também esqueceu, para seu eterno desalento, de agradecer o roteirista e diretor do filme, Ryan Coogle, ou ao protagonista Michael B. Jordan, atitude que recebeu desaprovação de Samuel L. Jackson e de outras pessoas no Twitter.

“Quando Sam Jackson chamou minha atenção, concordei inteiramente. Esquecer de agradecer ao diretor? Acredite em mim. Esta é a última coisa que eu teria feito”, comentou.

No final daquela semana, a notícias sobre o prêmio ganharam ainda mais destaque com a divulgação dos indicados para os prêmios de atuação do Oscar, todas para atores brancos. O fato de que Stallone ter recebido a única indicação por “Creed”, um filme escrito e dirigido por um negro e cuja história é basicamente a respeito de personagens negros, apenas aumentou a controvérsia, tornando a alegria de Stallone pelo reconhecimento de seu trabalho uma mistura de alegria e tristeza.

“Este cara aqui mereceu isso ante que eu merecesse, esse é o filho dele”, disse Stallone em referência a Coogle. “Quando ele trouxe Creed à vida, ele me trouxe à vida.”

Quando rumores sobre um boicote à cerimônia começaram a circular, Stallone disse que perguntou a Coogle se deveria ou não participar da comemoração.

“Eu realmente queria a opinião dele sobre como achava que eu deveria me comportar”, declarou Stallone. “Ele disse: ‘você deve ir, divertir-se e representar o filme’.”

Sly também comentou sobre a morte de seu filho, Sage, vítima de um ataque cardíaco em 2012, aos 36 anos:

“Você se sente responsável por não estar lá [no momento da morte]. Aqui [no filme], você salva todas estas pessoas, mas não pode salvar seu filho. O filme me ajudou. Posso falar sobre isso agora. Há um consolo nisso”.

O filho do Stallone participou de “Rocky 5”:

Reprodução – CCR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: