Confira!

[366 Filmes] Sentimentos que Curam – (92/366)

Sentimentos-que-Curam-filme

“Sentimentos que Curam” (2014) é uma comédia dramática americana, dirigida por Maya Forbes, com Mark Ruffalo, Zoe Saldana e Ashley Aufderheide no elenco.

Já li boas criticas sobre esse filme, e devo juntar meu elogio a elas. É um drama super bacana, que trabalha a relação de um pai, que sofre de um determinado transtorno bipolar, com suas duas filhas pequenas.

O bacana é a forma meio que louca que esses três se encontram. As filhas sabem da condição do pai, mas também são jovens demais para compreenderem e saber lidar com devida atenção necessária. A forma com que tudo vai se ajustando também é bem bacana.

O filme ainda tem outros temas inseridos na história…. como mercado de trabalho para mulheres/mães. A mãe das meninas luta por seus estudos para ter melhores chances no mercado de trabalho, pois ela sabe que ela, enfrentará algumas barreiras, como a de ser negra, mulher e mãe. Em alguns momentos da história isso é revoltante. Não a história, mas ver o que o personagem enfrenta.


Sinopse: Boston, Estados Unidos. O fato de Cameron (Mark Ruffalo) ser maníaco-depressivo não impediu que Maggie (Zoe Saldana) se envolvesse com ele. O casal teve duas filhas, mas os constantes colapsos nervosos de Cameron fizeram com que eles deixassem de morar juntos, por mais que mantivessem contato constante. Em 1978, devido às dificuldades financeiras, Maggie resolve fazer um curso de especialização em Nova York, com duração de 18 meses. A saída para que o plano dê certo é que Cameron deixe o hospital psiquiátrico em que vive para voltar a morar em casa, cuidando das garotas, com Maggie visitando o trio aos finais de semana. Trata-se de um grande desafio para Cameron, que precisa assumir de vez as responsabilidades de pai e aprender a controlar a própria doença.

Anúncios
Sobre Bruno Vieira (761 artigos)
Estudante de Comunicação Social – Publicidade, tem 27 anos e adoraria se lembrar do primeiro filme que viu em sua vida, mas o que passa em sua mente são flashs de sessões da tarde, com muitas aventuras, romances e filmes de terror da década de 80 e 90. Aprendeu a amar e se emocionar ( e tem prazer em chorar ) com o gênero drama. Gosta de comédia e ação e adora musicais e fantasia. Outro amor são as animações, filmes de heróis e tudo aquilo que faça qualquer um viajar com o poder da imaginação. Se identifica muito com o personagem Woody (Toy Story) pelo o quanto ele valoriza e faz pelas amizades. Um herói? Claro… O Homem-Aranha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: