Confira!

[Confira!] ‘Vingadores’ Chris Evans e Robert Downey Jr. visitam jovem com câncer

Vingadores-visitam-jovem-com-cancer

A cada noite, Ryan Cox, de 18 anos, dorme sob um retrato em que ele está vestido como Capitão América — o ápice da força e resistência humanas.

O fã dos quadrinhos da Marvel também sabe uma ou outra coisa sobre esses atributos heroicos. Ele está batalhando contra o câncer pela segunda vez na vida, e quando recebeu notícias desalentadoras sobre seu prognóstico, seus amigos se uniram e convocaram os Vingadores.

Na segunda-feira, o adolescente que pesa menos de 32 quilos, abriu a porta de casa e ficou chocado com o que viu: o Homem de Ferro, Robert Downey Jr., e o Capitão América, Chris Evans, não só deixaram as diferenças de lado sobre como salvar o mundo, como se juntaram com a estrela de “Homem de Ferro” Gwyneth Paltrow em uma missão para dar novo ânimo ao garoto.

— E aí, como é que você está, cara? — diz Evans, enquanto Wilcox balança a cabeça, em um vídeo gravado por Gwyneth do lado de fora da casa localizada em El Cajon, subúrbio de San Diego.

— Estávamos na área e pensamos em passar por aqui — continua o ator.

— E aí, galera — responde Wilcox, usando uma camiseta com o escudo do Capitão América.

Gwyneth, que interpreta Pepper Potts na franquia do “Homem de Ferro”, abraçou a mãe de Wilcox, enquanto os outros dois atores entraram na sala acarpetada da residência. Segundo Amy Wilcox, a mãe de Ryan, as celebridades ficaram na casa do rapaz por uma hora, conversando com ele, como se fossem velhos amigos.

— Ela me disse que esse foi o presente de uma mãe para a outra — disse Amy. — Ela sabia como eu ficaria feliz de ver o Ryan tão feliz.

Visita-dos-vingadores

Usando um boné azul escrito “Stark”, autografado por Downey Jr., na terça-feira, Ryan ainda estava em êxtase em relação ao dia que ele descreve como o melhor de sua vida. Ele brincou sobre como sua casa agora valia US$ 1 bilhão, e prometeu manter a cadeira que usa para jogar, onde Robert Downey Jr. se sentou.

— Foi muito legal estar junto deles. Eles realmente me botaram para cima — disse Wilcox, em uma voz quase inaudível. — Eu vou vencer essa luta.

Capitão América tem sido um símbolo de força para ele. A série de filmes lhe deu ânimo para viver, mantendo-o distraído durante os tratamentos de quimioterapia e de medula, em inúmeras visitas ao hospital.

Wilcox foi diagnosticado com um tipo raro de leucemia aos 16 anos. Sua mãe disse que o câncer pode ser um efeito dos tratamentos à base de quimioterapia a que o garoto foi submetido com três anos, por causa de um tumor no cérebro.

Em fevereiro de 2015, ele teve que sair da escola porque seu sistema imunológico estava muito enfraquecido. Ele fez um transplante de medula óssea de sua irmã de 14 anos em abril daquele ano, mas depois teve uma recidiva. No mês passado, a família recebeu a notícia que os tratamentos não estão funcionando e a doença está progredindo.

— Ryan está lutando todos os dias — disse a mãe dele.

Milhares de alunos da escola secundária Grossmont se uniram há duas semandas, cantando “Ryan Strong” (Ryan é forte), vestidos de vermelho, branco e azul, em homenagem ao super-herói favorito dele. Depois, um grupo de alunos fez um apelo no Facebook para que o elenco de “Capitão América: Guerra civil” visitasse Wilcox.

Em poucos dias, Evans respondeu com uma mensagem de vídeo dizendo a Ryan para “manter-se forte”.

Na segunda-feira, Evans assinou o escudo no retrato em que Wilcox está fantasiado de Capitão América, pendurado sobre sua cama. Ele escreveu “Mantenha-se forte, irmão!! Chris Evans. CAP”.

Wilcox disse que o Capitão América é uma inspiração porque ele “nunca desiste”.

— A força não vem realmente dos músculos — disse o jovem, repetindo a frase que estampa camisetas vendidas para arrecadar fundos para o seu tratamento. — Ela vem do seu espírito, do seu coração e do amor”.

Reprodução Site O Globo

Anúncios
Sobre Bruno Vieira (760 artigos)
Estudante de Comunicação Social – Publicidade, tem 27 anos e adoraria se lembrar do primeiro filme que viu em sua vida, mas o que passa em sua mente são flashs de sessões da tarde, com muitas aventuras, romances e filmes de terror da década de 80 e 90. Aprendeu a amar e se emocionar ( e tem prazer em chorar ) com o gênero drama. Gosta de comédia e ação e adora musicais e fantasia. Outro amor são as animações, filmes de heróis e tudo aquilo que faça qualquer um viajar com o poder da imaginação. Se identifica muito com o personagem Woody (Toy Story) pelo o quanto ele valoriza e faz pelas amizades. Um herói? Claro… O Homem-Aranha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: