Confira!

[Evento] Mostra “Save Ferris – A geração X no cinema” na Caixa Cultural

mostra-Save-Ferris-caixa-cultural

A mostra Save Ferris – A geração X no cinema, que começou a ser exibida na última terça (31), reúne os longas que melhor retrataram os jovens da década de 80, suas inquietações, vontades, transgressões e alegrias; todos com roteiro ou direção de John Hughes. A programação, conta com uma exibição especial do longa-metragem Curtindo a vida adoidado, que marcou uma geração que não estava acostumada a se ver representada no cinema.

Durante a mostra, serão exibidos 15 longas, com três sessões por dia. Exibir os filmes dirigidos e roteirizados por John Hughes, como Gatinhas e Gatões, Clube dos Cinco, A garota de rosa shocking e Mulher nota 1000, entre outros, não é uma mera coincidência. A filmografia de Hughes é hoje um verdadeiro almanaque de referências do comportamento, da moda e da música da época.

É que o diretor, roteirista e produtor conseguiu observar os jovens, compreender seu comportamento e traduzir seus sentimentos e aspirações para a tela grande – na época, os longas falavam de romances, aventuras e dramas, mas todos sob a perspectiva dos adultos. E estes não entendiam a nova década do walkman, do videogame, do computador e do videocassete. Era toda uma geração que estava fora das telas, explica Rafael Ferraz, idealizador e curador da mostra.

O filme Curtindo a vida adoidado, que mostra o adolescente Ferris Bueller – referenciado no título da mostra – matando aula e levando a namorada e o melhor amigo para um passeio por Chicago, estará em cartaz em dois horários diferentes no dia 11 de junho (sábado), exatamente 30 anos após a sua estreia. A sessão das 15h terá a clássica dublagem dos anos 80 e, às 17h, o filme será exibido legendado com o áudio original.

Além disso, em cada sessão desse dia, haverá sorteio de 10 kits compostos de um blu-ray da edição de colecionador do filme e um pôster. O longa, que arrecadou US$70 milhões (e custou U$5 milhões), foi seguido por outros sucessos sobre a juventude da década de 80. Depois das duas exibições, a mostra Save Ferris – A geração X no cinema realiza o debate A obra de John Hughes e sua contribuição para o cinema, com a participação de críticos e cineastas. O debate também será gratuito e terá distribuição de senhas na bilheteria.

O conjunto da obra de Hughes permanece atual e segue inspirando novas gerações. Os pais, que assistiram aos filmes quando adolescentes, agora, já entre 35 e 45 anos, terão a oportunidade de levar seus filhos ao cinema, que também se identificarão. Os longas ainda são de interesse para profissionais das áreas de cinema, sociologia, história, jornalismo e cinéfilos em geral.

Data: 31/05/2016 a 12/06/2016
Horário: Consultar a programação.
Horário da Bilheteria: Terça a domingo, 10 às 20 horas
Local: Cinema
Entrada: Não será permitida a entrada no cinema após 15 minutos do início do filme.
Valor do Ingresso: Entrada franca: retirada de ingressos na bilheteria

Programação:

31 de maio (terça-feira)

13h – Clube dos Cinco (1985), de John Hughes, EUA, 97min.

16h – A Garota de Rosa Shocking (1886), de Howard Deutch, EUA, 96 min.

18h30 – Férias Frustradas (1983), de Harold Ramis, EUA, 99 min.

01 de junho (quarta-feira)

13h – Mulher Nota 1000 (1985), de John Hughes, EUA, 94 min.

16h – Milagre na Rua 34 (1994), de Les Mayfield, EUA, 114 min.

18h30 – Alguém Muito Especial (1987), de Howard Deutch, EUA, 95 min.

02 de junho (quinta-feira)

13h – Gatinhas e Gatões (1984), John Hughes, EUA, 93 min.

16h – Beethoven, O Magnífico (1992), de Brian Levant, EUA, 87 min.

18h30 – Ela Vai Ter um Bebê (1988), de John Hughes, EUA, 106 min.

03 de junho (sexta-feira)

13h – Antes Só do que Mal Acompanhado (1987), de John Hughes, EUA, 93 min.

16h – Férias Frustradas de Natal (1989), de Jeremiah Chechik, EUA, 97 min.

18h30 – Esqueceram de Mim 2 – Perdido em Nova York (1992), de Chris Columbus, EUA, 120 min.

04 de junho (sábado)

15h – A Garota de Rosa Shocking (1986), de Howard Deutch, EUA, 96 min.

17h – Curtindo a Vida Adoidado (1986), de John Hughes, 102 min.

19h – Clube dos Cinco (T1985), de John Hughes, EUA, 97 min.

05 de junho (domingo)

15h – Esqueceram de Mim (1990), de Chris Columbus, EUA, 99 min.

17h – Esqueceram de Mim 2 – Perdido em Nova York (1992), de Chris Columbus, EUA, 120 min.

19h – Beethoven, O Magnífico (1992), de Brian Levant, EUA, 87 min.

07 de junho (terça-feira)

13h – Milagre na Rua 34 (1994), de Les Mayfield, EUA, 114 min.

16h – Esqueceram de Mim (1990), de Chris Columbus, EUA, 99 min.

18h30 – Esqueceram de Mim 2 – Perdido em Nova York (1992), de Chris Columbus, EUA, 120 min.

08 de junho (quarta-feira)

13h – Esqueceram de Mim (1990), de Chris Columbus, EUA, 99 min.

16h – Quem Vê Cara Não Vê Coração (1989), de John Hughes, EUA, 100 min.

18h30 – Gatinhas e Gatões (1984), de John Hughes, EUA, 93 min.

09 de junho (quinta-feira)

13h – Quem Vê Cara Não Vê Coração (1989), de John Hughes, EUA, 100 min.

16h – Ela Vai Ter um Bebê (1988), de John Hughes, EUA, 106 min.

18h30 – Antes Só do que Mal Acompanhado (1987), de John Hughes, EUA, 93 min.

10 de junho (sexta-feira)

13h – Mulher Nota 1000 (1985), de John Hughes, EUA, 94 min.

16h – Férias Frustradas (1983), de Harold Ramis, EUA, 1983, 99 min.

18h30 – Férias Frustradas de Natal (1989), de Jeremiah Chechik, EUA, 97 min.

11 de junho (sábado)

15h – Curtindo a Vida Adoidado (1986), de John Hughes, EUA, 102 min (dublado) .

17h – Curtindo a Vida Adoidado (1986), de John Hughes, EUA, 102 min (legendado) .

19h – Debate: A obra de John Hughes e sua contribuição para o cinema.

12 de junho (domingo)

15h – Gatinhas e Gatões (1984), de John Hughes, EUA, 93 min.

17h – Alguém Muito Especial (1987), de Howard Deutch, EUA, 95 min.

19h – A Garota de Rosa Shocking (1986), de Howard Deutch, EUA, 96 min.

Anúncios
Sobre Bruno Vieira (760 artigos)
Estudante de Comunicação Social – Publicidade, tem 27 anos e adoraria se lembrar do primeiro filme que viu em sua vida, mas o que passa em sua mente são flashs de sessões da tarde, com muitas aventuras, romances e filmes de terror da década de 80 e 90. Aprendeu a amar e se emocionar ( e tem prazer em chorar ) com o gênero drama. Gosta de comédia e ação e adora musicais e fantasia. Outro amor são as animações, filmes de heróis e tudo aquilo que faça qualquer um viajar com o poder da imaginação. Se identifica muito com o personagem Woody (Toy Story) pelo o quanto ele valoriza e faz pelas amizades. Um herói? Claro… O Homem-Aranha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: