Confira!

[366 Filmes] Dançando no Escuro – (104/366)

dancando-no-escuro

“Dançando no Escuro” (2000) é um drama/musical europeu, dirigido por Lars Von Trier, com Björk, Catherine Deneuve e Peter Stormare no elenco.

Se não me engano, esse é o primeiro ou um dos primeiros do polêmico diretor Las Von Trier. E conclui após conferir esse trabalho, que para começar a conhecer os trabalhos do diretor, “Dançando no Escuro” é um excelente ponta pé inicial.

Vi algumas pessoas falando sobre esse filme ser muito triste. Algumas até considerarem o mais triste que já viram. Como gosto de filmes emocionantes e que fazem chorar… decidi conferir.

Realmente é triste. Aliás, é um trabalho muito interessante. Não só pelo drama, o contexto, mas até por sua musicalidade e veia cinéfila. A personagem carrega um peso tão, tão mais triste… que essa tristeza é carregada ao longo do filme com o expectador, quer aconteça algo mais triste ou não.

Algumas canções particularmente me desagradaram, mas não estragam o filme. Outras cenas, as próprias canções cortavam o drama, era como se uma lágrima fosse cair dos meus olhos e ai… vem uma canção meio animada e a lágrima seca. Se é que me entende rsrs. Já em outro momento… é justamente o trabalho musical envolvido na trama que nos fere drasticamente por dentro. É sério! Chega a doer de tão triste… de tão fatal.

Sinopse: Selma Jezkova (Björk) é uma mãe-solteira tcheca que foi morar nos Estados Unidos. Ela tem uma doença hereditária que a faz perder a visão, algo que também deverá acontecer um dia a seu filho Gene (Vladan Kostig), um garoto de doze anos. Entretanto, em virtude de saber que existem médicos nos Estados Unidos que podem operar seu filho isto foi o suficiente para fazê-la imigrar para o país. Ela trabalha muito duro e guarda tudo o que ganha para a cirurgia do filho. Bill (David Morse) e Linda (Cara Seymour), seus vizinhos, juntamente com Kathy (Catherine Deneuve), uma colega de fábrica, a ajudam no que é possível, mas quando Bill se vê em dificuldades financeiras rouba o dinheiro que Selma tinha economizado duramente. Este roubo é o ponto de partida para trágicos acontecimentos.

Anúncios
Sobre Bruno Vieira (760 artigos)
Estudante de Comunicação Social – Publicidade, tem 27 anos e adoraria se lembrar do primeiro filme que viu em sua vida, mas o que passa em sua mente são flashs de sessões da tarde, com muitas aventuras, romances e filmes de terror da década de 80 e 90. Aprendeu a amar e se emocionar ( e tem prazer em chorar ) com o gênero drama. Gosta de comédia e ação e adora musicais e fantasia. Outro amor são as animações, filmes de heróis e tudo aquilo que faça qualquer um viajar com o poder da imaginação. Se identifica muito com o personagem Woody (Toy Story) pelo o quanto ele valoriza e faz pelas amizades. Um herói? Claro… O Homem-Aranha.

1 comentário em [366 Filmes] Dançando no Escuro – (104/366)

  1. Colaborador CCP // 01/08/2016 às 13:19 // Responder

    Dançando no Escuro, é um dos filmes de Lars que ainda não tive a oportunidade de assistir. Já me indicaram, e por isso esta na minha lista daqueles filmes que tenho que assistir antes de morrer (risos). Sobre a questão de ser um dos filmes mais tristes, posso dizer que senti isso conhecendo o filme Um Crime Americano, baseado em uma historia real. Cara, fiquei depressivo por semanas pelas crueldades protagonizadas por Gertrude e seus comparsas a pobre garota interpretadas por Ellen Page.

    Obs: Não assistiria novamente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: