Confira!

[ESPECIAL] CINEMA ARGENTINO: MEDIANERAS: BUENOS AIRES DA ERA DO AMOR VIRTUAL

No primeiro dia de agosto, damos início a mais um especial. Desta vez, falaremos, toda segunda feira, sobre um bom filme argentino. E pra começar, escolhemos um filme que descreve muito bem a sociedade em que vivemos: Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Virtual.

Imagem 2

Lançado em 2011, o filme, que trata muito bem da solidão que vivemos em decorrência da tecnologia, que aproxima e afasta as pessoas ao mesmo tempo, conta a história de Martin, Mariana e seus desencontros. Eles vivem na mesma cidade, na mesma quadra, em apartamentos um de frente para o outro mas nunca conseguem se encontrar. Só conseguem se relacionar via internet. Se conhecem online, mas na vida offline se cruzam sem saber da existência um do outro.

Com uma narrativa simples, tons de comédia e carga dramática leve, Medianeiras é um exemplo de como um filme pode te deixar reflexivo sem ser pesado, trazendo questões atuais para a vida dos telespectadores. Fiel a realidade, é difícil não se identificar com os personagens centrais do filme.

Medianeras (pared medianera) é nome dado àquelas paredes sem janelas dos edifícios, também chamadas de paredes cegas. Geralmente, são as paredes laterais de um prédio, que, por sua proximidade com o edifício vizinho, não se pode “abrir janelas”. Muitas vezes, estes espaços são usados para afixar outdoors ou algum tipo de publicidade. Na Argentina, e no Brasil também, a construção de janelas em tais paredes é proibida por lei.

Curtiu a dica de hoje? Já assistiu? Conte pra gente!

 

 

Por Geovani Medeiros.

Anúncios
Sobre Geovani Medeiros (99 artigos)
Formado em Administração e cinéfilo de carteirinha. Adora livros, música e tudo relacionado a cinema. Descobriu o mundo mágico da Sétima Arte quando era bem pequeno, mas o amor, de fato, só aconteceu ao entrar em uma locadora e perceber o quão ilimitado esse mundo é. Fã de Stephen King, adora todas as produções ligadas a seus livros. Adora fugir da realidade com filmes de terror, ficção e suspense, mas sempre deixa um espaço para dramas pé no chão e que nos fazem refletir sobre nossa existência. Apaixonado pelo cenário alternativo, ainda busca o filme de sua vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: