Confira!

[Especial] Maiores orçamentos da história do cinema

Hoje continuaremos nosso especial sobre os maiores orçamentos do cinema! Confira mais cinco filmes selecionados para você:

O Homem de Aço (2013)

Orçamento: US$ 225 milhões

Faturamento mundial: US$ 619 milhões*

Zack Snyder e Christopher Nolan não economizaram dinheiro na produção da nossa aventura do Superman. Com muitos efeitos visuais, o longa fez bonito nas bilheterias e garantiu a realização de O Homem de Aço 2, com Henry Cavill mais uma vez na pele do herói.

Avatar (2009)

Orçamento: US$ 237 milhões

Faturamento mundial: US$ 2,7 bilhões

Após ser o primeiro a passar da barreira do US$ 1 bilhão nas bilheterias com Titanic, James Cameron ganhou carta branca da Fox. Ainda assim, levou 12 anos para lançar um novo filme, mas não economizou dinheiro na nova empreitada. Nasceu Avatar, longa que revolucionou no uso do 3D e levou milhões de pessoas aos cinemas. Estão previstos Avatar 2, Avatar 3 e Avatar 4 para os próximos anos.

Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012)

Orçamento: US$ 250 milhões

Faturamento mundial: US$ 1 bilhão

O capítulo final da trilogia do Homem-Morcego por Christopher Nolan foi um sucesso de público e crítica. E também foi o filme mais caro já feito com o Batman. Os produtores do longa, com certeza, não se arrependeram da verba gasta, afinal o faturamento superou a casa do um bilhão.

John Carter: Entre Dois Mundos (2012)


Orçamento: US$ 300 milhões

Faturamento mundial: US$ 282 milhões

Primeiro filme com atores de Andrew Stanton (Procurando Nemo), John Carter já está na história do cinema como um dos maiores fracassos de todos os tempos. O longa custou US$ 300 milhões, o que não inclui toda a mega-campanha publicitária realizada. Estima-se que o prejuízo tenha sido de mais de US$ 200 milhões para a Disney, o que custou a cabeça do presidente do estúdio.

X-Men – O Confronto Final (2006)

Orçamento: US$ 210 milhões

Faturamento mundial: US$ 459 milhões

Com o sucesso de X-Men – O Filme e X-Men 2, a Fox não economizou dinheiro para o terceiro longa. Mas o resultado de público e crítica foi decepcionante, fazendo com que o estúdio levasse alguns anos para voltar à franquia em X-Men: Primeira Classe (2011).

Fonte: AdoroCinema

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: