Confira!

[ESPECIAL] Pais da Telona

Hoje é um dia especial, e nada melhor do que comemorar essa data com um especial do clube. Hoje, queremos homenagear os pais que, em nossa opinião, são grandes exemplos de pais nas telonas. Uma homenagem singela, mas feita com muito carinho por todos. Confira!

Escolha da Bruna:

Procurando Nemo

No filme “Procurando Nemo” de 2003, vemos um dos relacionamentos mais bonitos do cinema entre um pai e um filho.

O pai Marlin enfrenta seus próprios medos e todos os perigos do oceano para recuperar seu filho Nemo que foi capturado e levado para longe. No caminho, ele aprende a equilibrar limites e a ser um pai melhor aceitando que seu filho está crescendo e ficando capaz de muitas coisas.

Ele aprendeu e evoluiu como pai. E tem minha admiração por isso.

20728020_1185694878242948_5136391376109983270_n

 

Escolha do Bruno:

Guardiões da Galáxia Vol.2 

Não consegui evitar e selecionei 2 Pais das adaptações das HQs. Não que nas mesmas esses personagens tenham tido tamanha importância paterna, mas nas adaptações cinematográficas, tiveram. São eles:
Yondu

Quem Conferiu “Guardiões da Galáxia Vol.2” certamente se divertiu e se emocionou com o longa, que sobre tudo, falou sobre família.

Peter Quill finalmente conheceu o seu pai de sangue, só não esperava descobrir, que tinha o melhor pai de todos bem na sua frente e não percebia. Acontece que Yondu, na verdade fez tudo o que fez para proteger Peter, e desde o primeiro longa já demostrava como tinha zelo pelo rapaz. Na sequencia não faltou foi emoção entre esse pai adotivo e o Senhor das Estrelas. Há um momento em que Yondu diz a Peter, que Pai é aquele que cria. E não tem uma grande verdade nisso?

 

Homem-Formiga

E o porque de eu selecionar o Homem Formiga, é que é algo bem bacana ver um pai pensar em mudar sua vida e tomar o caminho certo, focando em sua filha. E é justamente isso que ele faz, ele percebe que errou no passado, e enquanto cumpre sua pena por furto, decide que vai se corrigir porque precisa e quer estar próximo de sua filha.

E qual pai um dia não viu um filho e pensou em fazer a coisa certa para estar próximo daquele filho ou mesmo de dar orgulho a ele, pelo pai que tem?!

20727897_1838049526212047_5863545117088486944_n

 

Escolha do Danilo:

A Cabana

O filme A Cabana (2017), adaptação do aclamado best-seller de William P. Young comoveu muitas pessoas por abordar temas delicados à respeito de busca de justiça e fé.

No filme, Mack interpretado por Sam Worthington de uma hora pra outra tem que lidar com o assassinato brutal de sua filha mais nova, Missy, mas ele não consegue imaginar a vida sem ela e num certo dia recebe uma carta pedindo que ele vá na cabana onde sua filha foi morta. Relutante, mas curioso, ele vai até lá e descobre uma jornada belíssima de auto conhecimento, fé e libertação.

Mack é recebido por Deus cujo codinome é Papa (Octavia Spencer) e também se encontra com o Filho Jesus e com o Espírito Santo. E a partir desse relacionamento, o homem depressivo passa a perceber como Deus age em sua vida, sem evitar o mal inevitável, mas amando-o em todos os momentos.

A tristeza, a mágoa e a dor podem não ser apagadas, porém podem gerar novos e inesperados frutos no tempo certo. A jornada deste pai é admirável e toca o coração de cada um que se deixa levar pela sua emoção, é um pai com defeitos, mas que se abre para perdoar e se permite viver cada dia como uma dádiva.

20729302_1441489895917025_8083359291267957347_n

Escolha do Igor:

A Árvore da Vida

Em “A Árvore da Vida”, de Terrence Mallick, os percalços de uma dura relação entre um pai (Brad Pitt) e seus filhos, num contraponto com a doce esposa, são a base da visão de uma família simples da década de 50 e sua ressonância entre as pessoas envolvidas e o universo.

Isso leva aos questionamentos de um desses filhos (Sean Penn), que, já mais velho, entra numa busca pelo amor altruísta e pelo perdão, através da reconciliação entre ele e seu pai.

A força bruta da natureza e a beleza da graça se sobrepõe aqui, num vinculo que parte do paternal e ultrapassa a história. E por tudo isso, engloba tantos sentimentos e tem toda a importância.

20770218_1696389167058155_6307487114827452151_n

Escolha do Geovani:

A Vida é Bela

Em A Vida é Bela, de 1998, dirigido e estrelado por Roberto Benigni, temos uma história de amor em meio a Segunda Guerra Mundial. Amor de um marido para a sua “Principessa” e de um pai para o seu filho.

Guido, interpretado por Benigni, era um garçom simpático, engraçado que fez de tudo para conquistar Dora, Nicoletta Braschi, uma adorável professoa. Juntos, tiveram o adorável Giosuè, Giorgio Cantarini.

A relação de Guido com seu filho é a prova de que o amor de um pai pode afastar toda a maldade do mundo, mesmo sendo ela parte do cotidiano do lugar aonde você se encontra. Guido, de familia judia, e Giosuè são levados para um campo de concentração de judeus, sendo afastados de Dora, que tinha origem alemã.

Em meio a uma situação totalmente desfavorável, Guido faz com que Giosuè veja tudo como uma “brincadeira”, não sofrendo com o que acontecia ao seu redor. Ao invés de medo, o pai demonstrou força e coragem, para que seu filho não sofresse, apesar de tudo. Um filme tocante, um exemplo de pai e clássico do cinema.

57a35a81768ee_5799c0ba201df_octava

 

E aí, qual o seu pai favorito do cinema? Essa foi nossa homenagem, muito singela, mas que não deveria passar em branco. Um feliz dia dos pais a todos os pais!

 

Anúncios
Sobre Geovani Medeiros (97 artigos)
Formado em Administração e cinéfilo de carteirinha. Adora livros, música e tudo relacionado a cinema. Descobriu o mundo mágico da Sétima Arte quando era bem pequeno, mas o amor, de fato, só aconteceu ao entrar em uma locadora e perceber o quão ilimitado esse mundo é. Fã de Stephen King, adora todas as produções ligadas a seus livros. Adora fugir da realidade com filmes de terror, ficção e suspense, mas sempre deixa um espaço para dramas pé no chão e que nos fazem refletir sobre nossa existência. Apaixonado pelo cenário alternativo, ainda busca o filme de sua vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: